HOMENAGEM EM ARARANGUÁ-SC AO PROJETO QUEM AMA CUIDA

 

Moção de reconhecimento a Associação dos Agentes Penitenciários e de Segurança Socioeducativa e ao Rotary Clube de Araranguá, parceiros no projeto quem ama cuida!

A Câmara Municipal de Araranguá, em Santa Catarina reuniu-se em sessão ordinária, no dia 10.12.2018, sob a presidência do vereador Viriato Zeferino Pires e secretariada por Luciano Zeferino Pires, com a presença dos vereadores Adão Vieira dos Santos – Vidrinho, Cristiano da Silva Costa – Tano, Diego Rosa Pires, Igor Batista Gomes, Jacinto Dassoler – Belo, Jair Arcênego Anastácio, João Abílio Pereira – Pereira, Jorge Luiz Pereira – Jorginho, José Carlos da Rosa – Neno Fontoura, José Marcio Scarsanella – Tubinho, José Paulo Roldão, Luciano Zeferino Pires, Pedro Paulo de Souza – Paulinho e Ronaldo Soares. Prestigiando a solenidade estavam presentes a bispa Marta Efráyim (Presidente e Fundadora do Ministério Apostólico Efráyim e Responsável pelo Confecap Regional em SC.) e esposo, além de outras autoridades locais.

bispa Marta Efráyim

Na ocasião, conforme requerimento do vereador Pedro Paulo de Souza – Paulinho foi votada e aprovada por unanimidades a Moção de Reconhecimento nº 022/2018 a ASSOÇIAÇÃO DOS AGENTES PENITENCIÁRIOS E DE SEGURANÇA SOCIOEDUCATIVA e ao ROTARY CLUBE DE ARARANGUÁ, que são parceiros no projeto QUEM AMA CUIDA!  pelos relevantes serviços prestados à comunidade e a cidade de Araranguá.

O Presidente convidou para adentrar o Plenário e ocupar lugar na mesa principal, para que ambos recebam a Moção de Reconhecimento, o Palestrante Adércio Velter, O Presidente do Rotary Clube Maurecei Rodrigues, Padre Alyrio e Maureci Cesar Rodrigues.

Na oportunidade a pedido do Vereador Pedro Paulo de Souza, o Presidente convidou Saulo Machado adentrar o Plenário e fazer a leitura da justificativa da Moção.

Em posse da palavra na Tribuna, o comunicador Saulo Machado, antes de fazer a leitura da justificativa, chama a atenção de todos para assistirem um pequeno vídeo exposto no telão, o Juiz da área criminal dr. Júlio Cesar Ferreira de Melo, falando sobre a área criminal. Aproveitando a palavra Saulo Machado faz a leitura da justificativa onde conta um pouco sobre os trabalhos realizados pelo Rotary Clube e a associação dos agentes penitenciários e de segurança socioeducativa, que tem o Projeto, quem ama cuida.

Os vereadores de forma unânime parabenizaram toda equipe pelos relevantes serviços prestados no Município de Araranguá. Tendo como objetivo, nas escolas levar palestras de conscientização para alunos e pais sobre as drogas.

Encerrando, o presidente a pedido do Vereador Pedro Paulo, autor da Moção, suspende a sessão por cinco minutos para fazer um registro de fotos com toda equipe dos homenageados, amigos e os Vereadores.

A Câmara Municipal da Araranguá está na 17ª legislatura – Ano de 2019 sendo presidida pelo vereador Daniel Viriato Afonso.

A CIDADE

Araranguá no extremo sul do estado de Santa Catarina. É uma das cidades mais prósperas do Sul catarinense. Com largas avenidas e comércio intenso, e o litoral, dotado de natureza privilegiada, o que faz a cidade ser conhecida por suas belezas naturais.

O cartão postal da cidade é o balneário de Morro dos Conventos, distante 10 km do centro, com praia, dunas, furnas e a foz do Rio Araranguá. A cidade também é privilegiada pela presença de lagoas bem estruturadas.

Ecoturismo e compras são os dois principais atrativos de Araranguá, município colonizado por descendentes de açorianos, italianos, alemães e afro-brasileiros.

A região central da cidade possui avenidas largas e comércio intenso, incluindo bares, restaurantes e casas noturnas.

Indo para o litoral, o destaque são as praias, lagoas, dunas, restingas, furnas e a foz do Rio Araranguá. Um dos mais belos cartões-postais do Sul do país fica nessa região: o Morro dos Conventos.

Em vários locais, a natureza proporciona condições perfeitas para a prática de voo livre, sandboard e atividades off-road, além de cavalgadas programadas para o Parque Aparados da Serra.O aniversário da cidade é celebrado em abril, na Praça Hercílio Luz.

Reconhecimento

O Agente Penitenciário Adércio José Velter (homenageado), figura como autor e palestrante, que tem como objetivo combater, prevenir e alertar os jovens sobre os riscos e consequências do uso e abuso de drogas, através da exibição do triste cenário prisional, mostrando-lhes caminhos e escolhas que devem fazer para viver a liberdade plena, livres por inteiro, coisa que só é possível se estiverem longe das drogas, dos maus amigos e focados naquilo que realmente pode transformar suas vidas e que é a chave do sucesso para realização dos seus sonhos: Os estudos.

Descrição do Projeto:

A superlotação das prisões é uma realidade em todos os Estados da Federação. Segundo dados do Ministério da Justiça / Depen – Departamento Penitenciário Nacional, quase 60% da massa carcerária é extremamente jovem, com idade compreendida entre 18 a 29 anos.     Os números indicam ainda, que quase 60% dos presos estão recolhidos por envolvimento direto ou indireto com o tráfico de drogas. Na abrangência do presídio regional de Araranguá (15 municípios), aproximadamente 57% dos recolhidos no período de elaboração do projeto, eram por tráfico de drogas e 26% por crimes contra o patrimônio. Mais de 80% das pessoas presas tem relação direta e indireta com o tráfico. No mesmo sentido, observa-se que a maioria da massa carcerária tem apenas o ensino fundamental incompleto. Assim, evidencia-se que o abandono escolar aconteceu na tenra idade dos 12 e 13 anos e a maioria por uso de drogas.

O objetivo principal do Projeto QUEM AMA CUIDA é através da realidade do sistema prisional, provocar nos jovens um momento de reflexão sobre os problemas das drogas e suas consequências, contribuindo na valorização da vida, diminuição de conflitos familiares, resgatando o respeito às famílias e instituições, culminando na redução da evasão escolar e auxiliando as escolas e forças de segurança na prevenção e combate ao uso de drogas, o que

diminuirá o ingresso dos jovens em práticas delituosas que os levarão para dentro das prisões.       Além disso, com a utilização de mão de obra dos internos em cumprimento de pena no regime semiaberto – a cada três dias trabalhados tem um dia remido da pena – também podemos ajudar as direções das escolas públicas na manutenção predial, construção de rampas para cadeirantes (acessibilidade) e limpeza, podendo essa etapa do projeto ser realizada no período de férias do ano letivo, visando evitar o contato dos presos com os alunos.

O Projeto é realizado nas salas de aulas e / ou auditórios dos colégios da rede pública e privada do Estado de Santa Catarina. As Palestras são no formato expositivo-dialogadas, com apresentação de imagens e vídeos, sendo o tema da abordagem: Drogas, Não entre nesta prisão. Prisão pelo vício, pela entrada no mundo do crime e posteriormente a prisão física. Ao dar início aos trabalhos, pensou-se que as palestras nesse novo formato seriam esporádicas, contudo, após o primeiro encontro em uma das escolas da região de Araranguá, as solicitações para realização das palestras não cessaram, inclusive por diversas vezes, com a presença dos pais dos alunos participando dos encontros.

  Adércio José Velter – Curriculum exemplar

Adércio José Velter
                      Adércio José Velter

Agente Penitenciário, formado pela Unisul como Tecnólogo em Gestão da Segurança Pública, com Especialização na mesma área – Unisul / Senasp; ex – Chefe de Segurança e Disciplina da Colônia Penal Agrícola de Palhoça, Penitenciária de Florianópolis e responsável pela implementação da unidade de contêiner na Penitenciária de Curitibanos; Interventor das unidades prisionais de Araranguá e do Complexo Penitenciário do Estado, em São Pedro de Alcântara; em 2001 foi homenageado com a outorga da Medalha do Mérito Funcional, Alice Guilhon Gonzaga Petrelli, pelos relevantes serviços prestados ao Estado de Santa Catarina; ex – diretor dos presídios de Araranguá, Criciúma (Santa Augusta) e da Penitenciária Sul; ex – diretor do DEAP – Departamento de Administração Prisional / SC; como diretor do DEAP foi responsável pela edição e implantação da Instrução Normativa do Sistema Prisional Catarinense; encaminhou ao governo do Estado a Lei Complementar 529/2011, que criou o Regimento Interno dos Estabelecimentos Penais do Estado de Santa Catarina. Encaminhou projetos para construção de novas unidades prisionais e reformas, bem como, formalizou pedido para contratação de agentes penitenciários e técnicos do sistema prisional; compra de novas viaturas e participou do grupo de criação do PPA do Sistema Prisional – SC, que projetou as modificações e estruturação atual do Sistema; Foi assessor parlamentar na Assembleia Legislativa do Estado de Santa Catarina, exercendo a função de chefe de gabinete do Deputado Estadual Manoel Mota. Atuou na iniciativa privada como consultor na área de gestão prisional e construção de unidades prisionais. Atualmente está lotado na Unidade Prisional de Araranguá. A convite da Secretaria de Estado da Justiça e Cidadania e do Departamento de Administração Prisional, a partir do dia 23/03/2015, novamente assumindo o cargo de Gerente do Presídio Regional de Araranguá, onde permaneceu até 2016. Atualmente trabalha na mesma unidade exercendo atividade fim.

Share

Deixar uma Resposta