Cazaquistão e Brasil comemoram o 25º aniversário do estabelecimento de relações diplomáticas

 

22 de setembro comemora o 25º aniversário do estabelecimento de relações diplomáticas entre a República do Cazaquistão e a República Federativa do Brasil.

Por ocasião do aniversário, o Presidente do Cazaquistão, Nursultan Nazarbayev, e o Presidente do Brasil, Michel Temer, trocaram cartas de felicitações, nas quais observaram que mais de um quarto de século nossos países construíram relações de confiança baseadas na amizade e no entendimento mútuo. Enfatizando o compromisso de ambos os países com a paz, o multilateralismo e o desenvolvimento sustentável, os Chefes de Estado do Cazaquistão e do Brasil expressaram sua forte crença em uma cooperação mais frutífera para o benefício dos dois povos.

Na véspera do aniversário, os Ministros das Relações Exteriores do Cazaquistão e do Brasil também trocaram as mensagens de felicitaçoes. O Ministro das Relações Exteriores do Cazaquistão, Kairat Abdrakhmanov, observou que o Brasil é o principal parceiro do Cazaquistão na América do Sul, enfatizando que nossos países compartilham posições e abordagens comuns em muitas questões de paz e segurança internacionais, incluindo a não-proliferação e o desarmamento. O Ministro das Relações Exteriores do Brasil, Aloysio Nunes, confirmou que, apesar da distância geográfica, muita nos une, destacando que tanto o Brasil quanto o Cazaquistão são grandes países em desenvolvimento com economias vibrantes e sociedades multiétnicas e multiculturais. Os Ministros das Relações Exteriores expressaram a sua confiança na futura cooperação bem sucedida em áreas como comércio e investimento, energia, agricultura, turismo, inovações, o que abrirá novas oportunidades para a prosperidade de ambos os países.

As relações diplomáticas entre o Cazaquistão e o Brasil foram estabelecidas em 22 de setembro de 1993. A troca histórica de visitas a nível de Chefes de Estado em 2007 e 2009 resultou na abertura recíproca de embaixadas, o estabelecimento do mecanismo de consultas políticas entre os Ministérios das Relações Exteriores e o fortalecimento da cooperação em outros níveis. Assinatura de acordos interestatais sobre Assistência jurídica mútua em matéria penal, sobre a Extradição e sobre a Transferência de pessoas condenadas em junho de 2018 em Astana expandiu o base jurídica bilateral dos dois países. Desde setembro de 2016, os titulares de passaportes nacionais do Cazaquistão e do Brasil desfrutam de regime de isenção de vistos.

*Com informações de Aisulu Dossybayeva da Embaixada do Cazaquistão no Brasil

Share

Deixar uma Resposta